Associação patronal de Moçambique prepara estudo sobre falência de empresas no país

Associação patronal de Moçambique prepara estudo sobre falência de empresas no país

A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) está a preparar um estudo que vai abordar a falência de empresas no país e pretende estudar com as autoridades a criação de apoios à recuperação do sector privado.

“Nós estamos agora a terminar o estudo e queremos lançar o número no mercado, não para criar pânico, mas para encontrar soluções”, referiu Agostinho Vuma aos jornalistas, à margem da XV Conferência Anual do Setor Privado (CASP), em Maputo.

O líder da CTA falava depois de ter feito um discurso em que alertou o Governo e o banco central para a situação de “sufoco” e “falência em massa” de empresas no país.

Questionado pela Lusa sobre quantas seriam essas empresas, Vuma remeteu para um trabalho de pesquisa que começou em 2017 com o objectivo de apurar a dívida do Estado para com o sector privado.

“Começámos a liderar, com uma empresa de consultoria, um levantamento de informação que vai permitir actualizar essa informação e, por outro lado, quantificar o número de empresas [que estão] a encerrar”, referiu.

O presidente da CTA acredita que muitas “estão ainda a fazer uma gestão” de situações de negócio difíceis, razão pela qual “consideram que partilhar essa informação com o público pode ser prejudicial”.

Agostinho Vuma considera que o importante é resolver os problemas e descobrir qual o “programa de recuperação em termos de incentivos que o Governo poderá oferecer”, concluiu.

Fonte: Lusa

Deixe uma resposta