Chuva e vento na Índia causam 42 mortos e 47 feridos

Chuva e vento na Índia causam 42 mortos e 47 feridos

Pelo menos 42 pessoas morreram e 47 ficaram feridas nas últimas 24 horas, na Índia, na sequência das fortes chuvas e ventos que já causaram quase 200 mortes este mês, disseram as autoridades.

No estado de Uttar Pradesh (norte), um dos mais atingidos nas últimas semanas, as tempestades causaram, entre domingo (13) segunda-feira (14), 29 mortos e 35 feridos, bem como a morte de nove animais, disse um porta-voz da Autoridade de Gestão de Desastres (NMDA) indiana, Abhishek Shandilya.

No sul, em Andhra Pradesh, a chuva e o vento resultaram na morte de nove pessoas, enquanto em Howrah, no estado de Bengala oriental, quatro crianças morreram e outra ficou ferida, declarou a mesma fonte.

As tempestades também abalaram a capital, onde pelo menos 11 pessoas ficaram feridas e grande parte da cidade sofreu apagões temporários.

O Departamento de Meteorologia da Índia mantém hoje, em seis estados do norte e leste do país, um alerta máximo para as tempestades, com previsão de rajadas de vento de até 70 quilómetros por hora.

A época das monções, ventos sazonais que geralmente atingem o terço norte do gigante asiático no final de junho, é precedida por dois meses de altas temperaturas que podem exceder os 40 graus e fortes tempestades de vento.

No ano passado, mais de 50 pessoas morreram e quase dois milhões foram afectadas pelas chuvas e inundações no nordeste da Índia, entre o início de Junho e meados de Julho.

Deixe uma resposta