“Há falha das autoridades em investigar com credibilidade as agressões contra críticos do governo”

“Há falha das autoridades em investigar com credibilidade as agressões contra críticos do governo”

A Aministia Internacional acusa as autoridades do país de estarem a falhar na investigação dos casos de agressões aos críticos do governo.

No fundo a instituição diz que há falta de credibilidade nas investigações de casos desta natureza.

“há falha das autoridades em investigar com credibilidade as agressões contra críticos do governo”, diz o comunicado.

A organização revela em comunicado que seis activistas disseram que estavam a viver com medo, depois de receber mensagens ameaçadoras por criticar o governo.

Para além destes à Aministia Internacional denuncia que “outros dois activistas depois de perceberem que havia veículos sem matrícula a segui-los ou estacionados fora de suas casas por várias horas” disseram terem sido forçados a mudar de residência, a usar carros diferentes e a mudar de rotinas.

O último caso de agressão aconteceu a 27 de Março, quando o jornalista, Jurista e comentador de televisão Ericino de Salema foi sequestrado e molestado fisicamente por indivíduos desconhecidos e que até ao momento encontram-se em parte incerta.

 

Deixe uma resposta