Habilidade juvenil deve enaltecer a importância do ensino

Habilidade juvenil deve enaltecer a importância do ensino

Celebra-se anualmente a 15 de Julho, o Dia Mundial das Habilidades Juvenis (“World Youth Skills Day”), uma efeméride que visa aumentar a conscientização sobre a importância do desenvolvimento das habilidades juvenis, incrementar o intercâmbio de informações e experiências entre as partes interessadas envolvidas no sistema de Ensino e Formação Técnico Profissional. Em Moçambique o governo celebra a data exortando para o enaltecimento da importância do ensino superior e técnico profissional.  

Para o presente ano, o Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional (MCTESTP), através da Direcção Nacional do Ensino Técnico-Profissional (DINET), em parceria com a Comissão Nacional para UNESCO em Moçambique (CNUM) e o Escritório da UNESCO em Maputo, organizaram as comemorações do Dia Mundial das Habilidades Juvenis (“World Youth Skills Day”), esta sexta-feira (13) na cidade da Matola, com o objectivo de facilitar o diálogo entre actores no Ensino Técnico-Profissional e viabilizar o contacto com iniciativas existentes na área.

A efemeride é uma oportunidade para mais uma demonstração da importância do Ensino Técnico-Profissional na capacitação de jovens com vista a tornarem-se activos no trabalho sustentável e na vida e, tem lugar após o lançamento em Março último, pelo Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Jorge Nhambiu, da Década Africana para a Formação Técnico-Profissional, em Empreendedorismo e Emprego da Juventude.

A celebração do Dia Mundial das Habilidades Juvenis (“World Youth Skills Day”) é, tradicionalmente, corporizada por um conjunto de actividades visando colocar em interacção diversos actores do Ensino e Formação Técnico Profissional, como forma de promover reflexões e boas práticas que contribuam para o incremento do emprego juvenil, identificação de oportunidades actuais para apoiar os jovens através do treinamento e desenvolvimento de habilidades e, avaliação do cumprimento das metas previstas na Agenda 2030 – Objectivos de Desenvolvimento Sustentável.

O Ensino Técnico Profissional (ETP) ocupa um lugar de destaque na Agenda 2030 – Objectivos de Desenvolvimento Sustentável e é fundamental para alcançar o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 4, que apela há um aumento substancial do número de jovens e adultos com competências relevantes.

Educação e treinamento são factores-chave de sucesso no aumento do acesso dos jovens ao mercado de trabalho e auto-emprego. As instituições de formação e as empresas, trabalhando em conjunto, podem proporcionar aprendizagem ao longo da vida, desenvolvimento de competências e aprendizagem no local de trabalho, entre outros.

Importa frisar, que em Moçambique, o Governo, tem vindo a efectuar uma profunda restruturação do Ensino Técnico Profissional e da Formação Profissional, visando o estabelecimento de um Sistema de Educação Profissional, integrado, coerente, flexível e orientado pela demanda do mercado de trabalho.

Deixe uma resposta