Jovens roubam e matam em Boane

Jovens roubam e matam em Boane

Três jovens estão a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) em Boane ,  provícia de Maputo, indiciados de roubar e matar um guarda de uma empresa e pendurar-lhe na árvore para simular suicídio.

Os supostos ladrões e assassinos do guarda terão sido denunciados por uma curandeira que eles procuraram para supostamente lhes tirar os azares que adquiriram pelo facto de terem tirado uma vida.

Para lograr os seus intentos, o grupo terá amarrado o guarda e depois de retirarem os bens que pretendiam penduraram-no numa árvore para simular suicídio.

Os indiciados assumem o roubo mas rejeitam o assassinato.

Deixe uma resposta