Mulher deixa o namorado violar a filha menor para manter relação

Mulher deixa o namorado violar a filha menor para manter relação

Uma mulher foi condenada a quatro anos de prisão por ter levado a filha de 16 anos a um hotel para ser violada pelo namorado que queria saber como era ter sexo “com uma versão mais nova” da companheira. O caso aconteceu em Toowoomba, Brisbane, na Austrália, há alguns anos, mas a sentença só foi proferida esta quarta-feira.

Em tribunal, a mulher declarou-se culpada do sucedido, mas não deixou de sublinhar que não sabia que a filha ia ser violada. Segundo a mesma, o namorado podia acabar a relação se esta não o deixasse estar com a filha.

As tuas ações não têm explicação. Não percebo como uma mãe pode fazer algo assim”, afirmou a filha, que já é mãe, na sessão. “Senti tanta dor e raiva”, exclamou. A filha ainda pediu que as ações da mãe não sejam perdoadas.

Para o juiz Lynch Sternly, a situação tratou-se de um “ato de egoísmo”. Este fez questão de sublinhar que a função de uma mãe é a de proteger os filhos, em vez de lhes proporcionar situações de perigo. “Foi uma quebra de confiança”, exclamou.

Assim que conheceu a pena a cumprir, a progenitora olhou para a filha e chamou-a de “c****”.

O homem, conhecido como Thommo, ainda não foi localizado pelas autoridades australianas.

Deixe uma resposta