PACOTE DE DESCENTRALIZAÇÃO: Frelimo garante suporte à proposta de lei

PACOTE DE DESCENTRALIZAÇÃO: Frelimo garante suporte à proposta de lei

O Presidente da República disse ontem ter recebido da bancada da Frelimo, na Assembleia da República, garantias de que o grupo dará o seu melhor para assegurar que o pacote sobre descentralização seja rapidamente viabilizado pelo Parlamento, correspondendo à proposta submetida na sequência de entendimentos com a Renamo.

Falando num comício popular em Chemba, província de Sofala, onde cumpre uma visita de trabalho de quatro dias, Filipe Nyusi, considerou que esta garantia é motivo de satisfação para o povo moçambicano que, segundo disse, é o principal obreiro de todos os avanços que se registam no diálogo para a paz, iniciado com o então líder da Renamo, Afonso Dhlakama, falecido a 3 de Maio corrente, e agora retomado com a nova liderança daquele partido da oposição.

O Chefe do Estado reafirmou a importância de todos os moçambicanos acarinharem o processo, rumo à desmilitarização e reintegração social dos militares da Renamo.

Disse acreditar que, com o encorajamento que tem vindo a receber do povo moçambicano, o objectivo de se alcançar uma paz efectiva para o país será em breve alcançado.

“Mais uma vez, no que depender de mim, o objectivo de trazer a paz efectiva para Moçambique será concretizado. Hoje (ontem), interagi com a bancada da Frelimo na Assembleia da República que me garantiu que vai acelerar a aprovação do pacote da descentralização para que o processo não encalhe”, disse o Presidente Filipe Nyusi, que recebeu uma ovação da população presente no comício realizado na localidade de Mulima, distrito de Chemba.

O Presidente sublinhou que uma paz duradoura em Moçambique é importante para que as pessoas trabalhem nas machambas e circulem livremente nas estradas; para que as crianças cresçam sorridentes, sem medo, e sobretudo que vivam em paz e tranquilidade.

Na habitual interacção com o Chefe do Estado, a população pediu que sejam abertos mais furos de água potável, unidades sanitárias e escolas na zona, além de se melhorarem as estradas e estender-se a rede nacional de energia eléctrica para Mulima.

Na resposta, Filipe Nyusi garantiu que se trata de acções que estão previstas no Programa Quinquenal do seu governo.

Ainda ontem, o Presidente orientou uma sessão extraordinária do governo provincial de Sofala alargada aos administradores e outros quadros do Estado, inaugurou o comando da Polícia em Chemba e entregou uma ambulância ao Centro de Saúde de Mulima.

Hoje, segundo dia da visita a Sofala, o Presidente vai trabalhar no vizinho distrito de Marínguè.

Fonte: Notícias

Deixe uma resposta