Sociedade civil repudia o ataque à liberdade de expressão

Sociedade civil repudia o ataque à liberdade de expressão

De acordo com o Comunicado de Imprensa veiculado está quarta-feira (04), em Maputo, pelo Instituto de Comunicação da África Austral (MISA), realça que como forma de manifestar o repúdio, um grupo de organizações da sociedade civil vai promover na próxima Sexta-feira (06) uma vigília contra ataques a figuras críticas ao Governo da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo).

No referido documento aquela organização refere que a iniciativa é parte de um movimento nacional de protesto contra ataques a cidadãos inocentes, como entrave à liberdade de expressão.

A organização realça que o último acto de violência relacionado com o exercício da liberdade de imprensa atingiu o jornalista e comentador Ericino de Salema, raptado e agredido por desconhecidos no passado dia 27 de Março findo.

Importa referir que a vigília terá como lema “ Diga basta aos raptos e assassinatos em Moçambique.

Deixe uma resposta