Turistas proibidos de “olhar” prostitutas

Turistas proibidos de “olhar” prostitutas

As novas regras do Red Light District, uma das principais atrações de Amesterdão, pretendem incutir o respeito pelas mulheres. Por isso, a partir de abril os turistas que param para ouvir os guias junto ao local terão de se virar de costas para as prostitutas.

O El País conta que não é permitido fotografar as prostitutas, não é permitido conversar e que também não será possível observá-las continuamente.

As diretrizes foram anunciadas esta quarta-feira. A partir de abril os guias também não podem levar grupos de mais de 20 pessoas e necessitam de uma licença para passear no local que custa 100 euros e tem a validade de um ano e meio.

Deixe uma resposta